Praticando Yoga em casa – benefícios pra saúde e os primeiros resultados

f81cf721-0371-4f6f-81da-cd13e85ebcba.jpg2

Olá, gente querida!

Quem tem acompanhado meus últimos posts, tá sabendo que eu tô numa pega meio Pugliesi ultimamente. Tá bom.  MENTIRA. Eu tô bem longe de querer uma vida fitness, mas já tem quase um mês que eu decidi melhorar meus hábitos alimentares e praticar exercícios físicos diariamente.

Eu fiz três posts contando como foram as primeiras semanas desse novo projeto pessoal (Week 1, Week 2 e Week 3) que eu chamo carinhosamente de Por uma vida mais saudável. Eu quis compartilhar mais essa experiência aqui no Blog pra provar que é possível buscar o melhor para a saúde, basta ter determinação.

Também já comentei que, apesar de estar bem acima do meu peso ideal, emagrecer não é o meu principal objetivo. Eu acredito que isso será uma das consequências de todas as mudanças, mas que virá com o tempo, sem aquela pressão louca de ficar se pesando todos os dias.

E foi nessa pegada de saúde, bem estar e conscientização, que eu comecei a praticar Yoga em casa. Lá no Pinterest eu tenho alguns painéis que mostram dicas de alimentação, exercícios e cuidados com o corpo e a saúde, e numa dessas sugestões de Pins, comecei a ver imagens sobre Yoga. Depois, fui pesquisar em outros lugares e descobri um monte de coisa legal sobre essa modalidade.

O Yoga foi criada na Índia e tem bastante influência do budismo e do hinduísmo. A palavra Yoga quer dizer unir, integrar e totalizar. Essa atividade tem como objetivo principal despertar a sensação bem-estar, por meio da integração de técnicas de respiração, posturas, movimentos físicos e meditação.

Eu conheci o canal Yoga with Adrienne e me apaixonei pelas aulas dela! Além das posições mais clássicas do Yoga, que eu já havia visto lá no Pinterest, ela propõe alguns mantras e temas para cada prática. Apesar do conteúdo ser todo em inglês, é bem fácil de entender o que ela diz, além dela ser super simpática e divertida, contrariando toda imagem que eu tinha formada na cabeça sobre um instrutor de Yoga.

Dá uma olhadinha nessa aula, pra ver como é bacana o trabalho dela!

Eu estou seguindo as aulas do programa Yoga Camp e tô curtindo muito! Cada dia eu faço uma aula diferente, seguindo uma sequência montada pela Adrienne, que ajuda a gente a evoluir e avançar as posições. Sinto que algumas aulas são mais puxadas, forçam bastante nossos músculos e a nossa flexibilidade. Já outras são mais relaxantes e focam na respiração, na manutenção das posturas e no “esvaziamento” da mente.

Desde que eu comecei a seguir certinho, notei uma enorme evolução no meu corpo. Meu alongamento estava péssimo, e eu não conseguia, por exemplo, sequer passar completamente do joelho numa tentativa como o da foto abaixo, sem morrer de dor nas costas! Hoje eu já consigo tocar o chão com as pontas dos dedos sem sentir dor, e acho que daqui umas semanas, vou melhorar ainda mais.

PicsArt_06-16-11.39.29

Também sinto que já consigo “segurar” as posições por mais tempo, acompanhar o ritmo da respiração e mudar de postura na velocidade que ela propõe. Aliás, eu deveria já ter comentado que Yoga não é molesa não, viu? Eu já fiz Pilates por algum tempo, e acho que a intensidade dos exercícios é bem parecida. A única diferente gritante (sem falar dos exercícios nos aparelhos) é que o Yoga permite mais tempo de relaxamento e descanso durante a aula, o que dá uma sensação muito gostosa.

Além disso, estou me atentando mais a corrigir a postura durante o dia. De vez em quando, me pego toda largada, ou sobrecarregando a lombar por conta da lordose, e aí lembro das técnicas do Yoga pra corrigir na hora. Também me sinto mais bem disposta e com vontade de me alongar em outros momentos só pra relaxar.

Ooooutra coisa bacana do Yoga (gente, virei muito fã) é que eu faço essa aula antes das aulas de Ginástica, e isso acaba servindo com um super aquecimento/alongamento pra atividade seguinte.

Por sorte eu tenho um companheiro que também tá adorando esse lance de Yoga! Todo dia, quando ele me vê pegar o tapetinho pra começar, é uma festa só! Quase sempre ele acha que é brincadeira, começa a morder a minha mão, meu cabelo, e fica se encaixando em todo canto do meu corpo. Eu tenho que segurar a risada para ele ver que eu tô séria, e me deixar continuar, mas nem sempre eu consigo.

Yoga requer bastante concentração e silêncio, mas dar um pouquinho de atenção e carinho pro meu pequeno Wisky me faz tão bem quanto qualquer exercício!

8015dfbc-27d1-4ab4-9371-d1d89ef112fd

 

É isso aí!

Namastê.

 

 

You may also like

2 Comentários

  1. Praticar Yoga é vida, pureza e inspiração! Gostei muito do seu blog. Espero que ainda esteja postando coisas maravilhosas como esta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *