Como ensinar o filhote a fazer xixi e cocô no lugar certo

foto_blog_xixi

Todo mundo que tem cachorro sabe que um dos grandes desafios de mantê-los em casa, próximos da família, é lidar com o que a gente chama de adestramento sanitário, que nada mais é do que ensinar o cão a fazer xixi e cocô no lugar certo.

Como eu já disse em outros posts, tenho bastante experiência com filhote. Já estou no meu segundo “case de sucesso” e sempre li bastante sobre o assunto, o que me dá méritos e capacidade para dar algumas dicas bacanas para os papais de primeira de viagem. Dr. Pet que se cuide! hahahaha Brincadeiras à parte, acho que um dia vou acabar virando adestradora de cães, sabia?

Também possuo o desejo particular de poder ajudar algumas famílias a tirar mais cachorros do quintal. Tantas pessoas possuem cachorros adoráveis mas que, devido a falta de informação e persistência, acabam exilando os peludos para os espaços externos da casa. Vocês que me perdoem, mas eu acho isso muito cruel.

Sempre tenho o costume (e não ligo para quem acha isso desagradável) de comparar os cachorros às crianças simplesmente porque não vejo diferença entre e eles. E pode me chamar de maluca o quanto quiser, eu já desencanei desses julgamentos há muito tempo. Mas vamos à dicas então?

Definindo o território

Primeiramente, defina o local em que você quer que ele faça as necessidades dele. Esse local deve ser relativamente longe de onde ele irá dormir, brincar e comer. Pense o seguinte: nós, seres humanos, não comemos e nem dormimos no banheiro, não é? Cachorros também tem esse discernimento. Algumas pessoas costumam deixar os seus cães nas áreas de serviços e querem que o cachorro fique somente naquele local. Gente, na boa? Isso é insano. Já imaginou passar o dia inteiro trancado em um cubículo? Não queira isso para o seu cão. Se você quer ele faça as necessidades na tal área de serviço, coloque a caminha dele e a comida em um outro cômodo.

Não é bacana restringir o espaço do cão em casa. Mantê-lo “preso” em algum cômodo específico só vai despertar ainda mais a curiosidade dele e, provavelmente, quando você soltá-lo, ele vai fazer xixi e cocô com mais gosto ainda. Esse é problema de você manter o seu cãozinho apenas na área de serviço, por exemplo. Ele até deve fazer as necessidades dele ali, por falta de espaço, mas aposto que ele deve tentar segurar (tadinho) para fazer em um lugar distante do quartinho dele assim que puder… Sacou?

No caso do Nico, meu primeiro cachorro, fizemos tudo errado, conforme descrevi acima. E batata, ele fazia as necessidades no meu quarto, na sala, sempre que o soltávamos. Decidi colocar os tapetinhos higiênicos (que são melhores do que jornais) dentro do banheiro e começamos a deixá-lo solto pela casa… Em alguns dias, a gente começou a notar que ele dormia na porta do quarto dos meus pais e é assim até hoje ♥ A comida ficava na área de serviço e xixi e cocô dentro do banheiro. Em 2 semanas ele descobriu a casa inteira e já sabia o caminho certo para chegar até o lugar onde era permitido fazer suas necessidades.

Com o Wisky foi ainda mais fácil devido a minha experiência. Eu já defini todos esses lugares desde o primeiro dia: ele dorme no meu quarto e do meu marido, a comida fica na cozinha e as necessidades no banheiro. Nas primeiras duas semanas, ele errou um pouco, mas tivemos paciência. Agora, ele faz tudo certinho! Inclusive durante o dia enquanto estamos trabalhando. Às vezes, ele tá brincando na sala, bate a vontade e ele sai correndo pro banheiro! tão lindo…

Comandos e adestramento

Já parou pra pensar em como vocês estão recompensando seu cão? Cachorros fazem associação com tudo comportamento humado e reagem de acordo com as recompensas. Quando ele fizer suas necessidades no lugar errado, dê uma bronca firme, mas não fique falando muito pois, pra ele, isso é atenção. Atenção é recompensa positiva. A bronca deve ser um “NÃO PODE!” bem firme e olhando para ele.

Depois, tente tira-lo do local para ele não ver você limpando e passe um bom produto de limpeza para ele não encontrar o rastro dele naquele local de novo. E indico os eliminadores de odor da Sanol que vendem nas Cobasi e no Pet Center, pois tem um cheiro ótimo e não fazem mal para os animais. Eu gosto do rosinha e do azul!

E quando ele fizer no lugar certo, faça muita festa! Coloque no colo, dê uns grãozinhos de ração, mostre que ficou feliz! Isso pra ele é motivo suficiente para querer repetir e te agradar. Simples não? Quando eles entendem isso, pessoal, o resultado é milagroso! Por isso eu admiro tanto os cachorros… ♥ Eles ficam satisfeitos em ver a nossa felicidade, diferentemente de nós seres humanos que sempre queremos algo em troca.

Identificando os sinais do cão

Antes de fazer cocô ou xixi, o cachorro costuma cheirar muitas vezes o chão. É mais difícil identificar a vontade do xixi, pois como é mais difícil segurar, os filhotes cheiram um pouquinho e já fazem. Mas em compensação, é o que eles aprendem a fazer mais rapido nos tapetinhos/jornais. Cachorros, principalmente os machos, não suportam molhar as patas na própria urina. Por isso, quando eles notam que tem um lugar específico que vai absorver o xixi, para eles é ótimo. O cocô é mais difícil de associar pois não necessita dessa absorção. Mas o sinal de que eles estão querendo fazer é bem mais nítido! Eles rodam, rodam, rodam, rodam… E antes que ele comece a abaixar o bumbum mostre para ele onde é que ele deve fazer, incentivando, falando calmamente. Cuidado para não assustá-lo, hein?

Dica preciosa: se você alimenta seu cão corretamente (apenas com água e ração) ele provavelmente deve ter a flora intestinal bem regulada. Nesse caso, observe o seguinte: cachorros fazem cocô geralmente de 15min a 30min depois que se alimentam. Então, depois da ração, dedique um pouquinho do seu tempo a segui-lo para pegá-lo no flagra, ok? O mesmo serve para quando eles bebem água, pois em seguida, fazem xixi. Também costumam sentir vontade logo depois que acordam, ou durante um intervalo de 2h. Não é igualzinho ao processo de troca de fraldas de neném, gente?

Tenha muita paciência, amor e sobretudo, firmeza! Em breve, seu cãozinho aprenderá o seus sinais e comandos. O Pipi Dog e o Coco Trainer também são otimos para incentivá-los, mas o que vale mesmo é o adestramento do dono. Tenho certeza de que se você seguir essas dicas, em um mês,  seu cãozinho vai estar super esperto e adaptado!

Depois das primeiras vacinas obrigatórias, ele vai poder passear na rua e conhecer o mundo! Eu indico pelo menos um passeio por dia para cães mais tranquilos, ou se você não tiver muito tempo disponível (como quem trabalha e estuda). Raças mais agitadas e os vira-latinhas precisam de pelo menos dois passeios por dia, e relativamente longos.  Essa rotina de passeios desestressa, evita que ele destrua coisas em casa, pentelhe muito os donos e ainda ajuda a manter a limpeza da casa, pois eles seguram as necessidades para fazer durante passeio! É mais divertido.

Ah, e não se esqueça de levar o saquinho para recolher o cocô dele, hein?

Espero ter ajudado!

Beijos

Nati ♥

———–

Links úteis:

Dicas de Amigo por Alexandre Rossi #1 – Xixi no Lugar Certo

Onde comprar o melhor tapetinho higiênico

Onde comprar o Pip Dog

Onde comprar o Sanol

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *