Messy Hair: Aprenda a fazer o hair style mais usado pelas atrizes dentro e fora das séries de TV

3e0ef6e15a0c70c1de8b7cca117a0371

Olá, gente linda!

Se você é tão viciado (a) em séries quanto eu, vai concordar que além delas serem a melhor maneira da gente passar o tempo, as histórias e os personagens nos trazem um monte de inspirações, não é mesmo?

Eu contei pra você há algum tempo que cortei o cabelo bem mais curto do que costumava arriscar. Saí da zona de conforto do long bobo que eu já tinha adotado há um tempo, e agora tô um chanelzão lindo que amo cada dia mais!

Agora de cabelo novo, comecei a reparar que muitas personagens das séries estão usando um tipo de cabelo muito legal: um ondulado meio bagunçadinho com pontas lisas, espigadinhas! Não sei se ele tipo de cabelo tem algum nome, digamos, profissional – aliás, se você aí sabe, me conta? vou ficar muito feliz em saber e atualizarei o post! – mas ele é super versátil, arrojado e fácil de adotar.

[atualização!] Eu descobri que se chama Messy Hair! 😉

O DIFERENCIAL

O diferencial está na modelagem das pontas. Ou melhor, na não modelagem, né? Os penteados que a gente geralmente vê partem de uma escova que finaliza beeem as pontas dos cabelos. O baby liss e a chapinha também conseguem dar esse mesmo efeito, pois basta finalizar o cacho e as pontas do cabelo direitinho, como estão os cabelos da Camila Coutinho do Garotas Estúpidas e da linda atriz Mariana Ruy Barbosa.

No caso dos outros dois exemplos – o primeiro deles é a atriz Ellen Pompeo da série Grey’s Antomy – você consegue perceber que as pontas estão lisas e espigadinhas, como se não estivessem finalizadas, sabe?

Esse é o charme desse cabelo! Despojado, divertido e sexy!

Pontas modeladas x Pontas espigadinhas
Pontas modeladas x Pontas espigadinhas

PONTINHA ESPIGADA DENTRO E FORA DE CENA

A 12ª temporada de Grey’s Antomy está recheada de cabelos assim! As personagens Jo Wilson, April Kepner e Meredith Grey aparecem com esse cabelo em quase todas as cenas. A Jo está com o cabelo bem mais curto nessa temporada, e deixou a atriz ainda mais sexy do que nas temporadas anteriores.

Já a personagem Kepner parece ainda mais maluca com essa cabelo do que antes, quando era todo alinhadinho e modelado. Mas não é que eu acho que ela nasceu pra usar o cabelo assim? Tudo a ver com esse lado mais doidinho, forte e determinado da personagem, que está ainda mais evidente nessa temporada.

Meredith Grey apareceu em poucas cenas com o cabelo desse jeito, e mais parece cabelo bagunçado do final do dia, do que o penteado propriamente dito. Na maioria das cenas, ela aparece com um cabelo liso e básico, que super combina com o long bob que ela tá usando agora.

hair2

Mas se a Dra. Grey não é tão adepta desse hair style, como suas companheiras de elenco, a atriz Ellen Pompeo tem desfilado suas madeixas de pontinhas espigadas fora das telas há um bom tempo, assim como duas atrizes de Pretty Little Liars.

Lucy Hale (a Aria Montgomery) e a Ashley Benson (a Hanna Marin) também fazem parte do time, tanto na cidade de Rosewood, onde se passa a série, quanto em outras campanhas, eventos e redes sociais.

hair3

A VERSATILIDADE

Esse hair style pode ser usado de várias formas, desde que você mantenha a proposta das pontinhas espigadas! Você pode conseguir um efeito mais liso em cabelos curtinhos, como no caso da Fê Paes Leme. Ainda no caso de cabelos mais curtos, você pode cacheá-los um pouco mais pra ter um resultado como o da Jéssica Biel. O terceiro exemplo é de um cabelo mais longo e repicado, e o corte facilita mais a visualização desse efeito de ponta espigada.

hair1

PAR PERFEITO DO LONG BOB

O corte queridinho da vez parece e ter sido feito pra esse penteado, igual café com leite! <3 Além de cair super bem, o cabelo pode seguir várias linhas diferentes, desde uma proposta mais lisa e elegante até cachos mais ousados e volumosos.

Geralmente o long bob propõe uma franja um pouco maior, e muitas vezes, nem pede franja, para acentuar ainda mais a proposta de um cabelão inteiro, encorpado e poderoso. A atriz Giovanna Ewbank decidiu fazer diferente e adotou uma franja mais curta para o seu long bob, e também ficou um arraso!

As pontinhas espigadas, nesse caso, são apenas a cereja do bolo!

hair5

EU QUERO ESSE CABELO 

Conseguir esse cabelo é a coisa mais fácil do mundo, justamente porque a proposta dele é mesmo ser bagunçada, desalinhada e imperfeita. Ele não demanda tanto tempo e você ainda pode aproveitar a base natural do seu cabelo pra conseguir esse efeito.

Se seu cabelo já for encaracolado, você pode dar uma leve desmanchada nos cachos com chapinha, como preferir, mas sem alisá-lo completamente, apenas espigando as pontinhas no final. Se ele for liso ou ondulado, você pode dar uma estruturada nas ondas, ou mesmo cacheá-lo, deixando as pontinhas de fora da chapinha e/ou baby liss.

Ah, não se esqueçam de aplicar um bom protetor térmico para não estragar os fios. Eu gosto do Got2Be Guardian Angel da Schwarzkopf – no Brasil custa em média R$ 53, mas aqui em Berlin custa DOIS euros e 75 cents! que absurdo, BRASEEEL! – que protege bem e não deixa o cabelo pesado. Quando sinto necessidade, reforço um pouquinho a proteção com umas gotinhas de Óleo Elseve Extraordinário, ou até mesmo óleo de côco.

 

TUTORIAS SALVADORES 

Niina Secrets para cabelos mais curtos

Camila Coelho para cabelos mais curtos

Camila Coelho para longos e long bobs

 

 

Gostou? Então se joga!

Beijos

Continue Reading

Você nunca perde tempo por ser uma boa pessoa

funny-modern-man-nice-hd-picture

Tá se sentindo um idiota por ter sido legal com alguém que não retribuiu? Pois é, bem vindo ao clube.

Geralmente a primeira coisa que a gente faz é criticar a outra pessoa, sempre tentando entender quais motivos a fizeram não corresponder as nossas expectativas. Mas é engraçado como também costumamos a nos punir e nos repreender… Por sermos boas pessoas.

Que loucura né, cara?

Vejo isso acontecer muitas vezes quando as pessoas terminam uma relacionamento amoroso que já não ia muito bem. Converso bastante com as amigas – eu mesma já estive nesse mesmo lugar… quem nunca, né? – e quase sempre eu escuto as mesmas coisas: “eu fui boba por ter confiado nele”, “eu fui uma trouxa por ter feito tudo pela relação”, “ele não merecia todo carinho que eu o dediquei”.

Também já vi gente passando por coisa parecida no trabalho, e bateu aquela revolta por ter feito um trabalho incrível, ou antecipado um puta prazo importante, e o gerente não parabeniza. A cabeça ferve de raiva e de outros sentimentos ruins, a gente não se sente valorizado. E é como se, mesmo nos esforçando ao máximo, não somos sequer notados.

E dói quando a gente vê que o nosso melhor não faz a menor diferença, né?

Claro que essa revolta inicial é totalmente compreensível, e eu diria que, até certo ponto, ela também pode ser saudável. Esbravejar, colocar pra fora e espantar os próprios demônios ajuda (e muito!) a gente a superar uma fase complicada como essas.

Mas eu recomendo que, após essa primeira explosão e os primeiros goles de cerveja, você pare um pouquinho para analisar o lado bom de tudo isso. E eu não tô falando dessa parada de se sentir superior não. Tô falando de você se sentir em paz com você mesmo, de poder colocar a cabeça tranquilamente no travesseiro, sabendo que você cumpriu a sua parte como deveria.

Seja numa relação amorosa, profissional, ou em qualquer tipo de relacionamento, ser uma boa pessoa boa nunca é perda de tempo. Respeito, lealdade, sinceridade, honestidade, parceria. Quantas dessas qualidades que a gente considera essenciais em uma pessoa, nós não percebemos que estão cada dia mais perdidas e desvalorizadas por aí?

Nada como a sensação de sair com a cabeça erguida, com a consciência intacta de que em todo momentos, mesmo que tenha errado, você agiu positivamente. Mesmo que a outra pessoa tenha feito um milhão de cagadas, e você já tenha se cansado disso – PORQUE NINGUÉM É OBRIGADO NÉ – desistir ou pular fora desse barco é algo que deve lhe trazer paz, e não arrependimento.

Ás vezes eu acho, além de muitos outros motivos, que o convívio em sociedade vem sendo cada vez mais prejudicado porque as pessoas estão perdendo esse princípio, sabe? E hoje em dia ser honesto é ser ingênuo. Ser fiel é pedir pra ser traído. Ser sincero é grosseria. Ser parceiro é perder a oportunidade de sair ganhando.

E aí depois o bocó reclama da política, da desigualdade, ou sai chorando quando esbarra com alguém mais malandro que ele

A gente não deve se arrepender de praticar o bem. Não é pra pagar de bonzinho, ou mesmo para barganhar lá no futuro. É simplesmente para exercer a bondade, pra fazer disso um hábito, buscando uma evolução, um pouco mais de amadurecimento.

Se você quer ser legal, SEJA! Se isso não for bem vindo pelo outro, pode ter certeza que lhe fará muito bem, cedo ou tarde.

Continue Reading

ÓLEO DE COCO: PORQUE TODO MUNDO TÁ USANDO? – Bom pra saúde, fins estéticos e até cachorro pode comer! Testei o queridinho da vez e só vi vantagens

oleo-de-coco-combate-queda-de-cabelo-e1458700578433

Oi, gente linda!

Hoje eu vou falar sobre o ÓLEO DE COCO!

Há tempos que quero falar sobre ele aqui no Blog, mas esperei ter certeza dos resultados, e continuei pesquisando bastante a respeito para trazer mais dicas e conteúdo para vocês.

Eu fiz um compiladão de informações sobre os benefícios desse óleo, que vão desde seu consumo, para auxiliar nosso organismo e melhor nossa saúde, para fins dermatológicos, no tratamento e prevenção de problemas na pele, para fins estéticos, na hidratação da pele e dos cabelos, e até para complementar a alimentação dos nossos pets! 🙂

Eu separei em tópicos para facilitar a leitura! Bora lá? 🙂

  • BENEFÍCIOS PARA NOSSA SAÚDE

O óleo de coco melhora o funcionamento da tireóide, ajudando a reduzir o mau colesterol (LDL) e elevando o bom colesterol (HDL). Em consequência disso, ele faz com que o LDL produza hormônios anti envelhecimento, auxiliando na prevenção de doenças cardiovasculares, câncer, obesidade e várias outras doenças que surgem com o tempo.

Rico em vitamina E, parte desse produto é composta por ácidos que têm ações antioxidantes antibacteriana, antifúngica e antiviral. Ele também ajuda a fortalecer nosso sistema imunológico, nossa absorção de nutrientes e também normaliza as funções intestinais.

Ele também auxilia no emagrecimento, pois sua gordura é super saudável e não é armazenada no organismo como gordura corporal! Ela também pode ser uma grande aliada para enfrentar a diabetes, pois o seu consumo traz uma sensação de saciedade e ajuda a cortar a compulsão por doces e carboidratos. Ele também ajuda a normalização dos níveis de glicose e de insulina.

  • BENEFÍCIOS DERMATOLÓGICOS 

O óleo de coco possui substâncias bactericidas para pele e ajuda na cicatrização de feridas, ameniza irritação e alergia à picadas de insetos e alivia a ardência de queimaduras. Ele pode ser adicionado aos produtos pós sol para potencializar a ação refrescante e hidratante para a pele, e também é um ótimo pós barba e pós depilação.

Também pode ser usado pra compôr um outro produto com esse fim, ou simplesmente ser aplicado puro na pele irritada. Outras duas ações muito bacanas que eu estou testando aqui em casa, são para o tratamento prevenção de doenças como herpes e desidrose.

  • BENEFÍCIOS ESTÉTICOS

O óleo de coco, diferentemente dos outros óleos que a gente conhece, é absorvido rapidamente pela pele. A gente não fica grudando muito tempo, sabe? E por ser um super hidratante, ele ajuda a combater as rugas e linhas de expressão,  previne o surgimento de estrias – ótimo para as gravidinhas e pra quem está perdendo peso – e ameniza a aparência de estrias já existentes.

Ele é ótimo para acabar com aquelas malditas pelinhas que soltam da nossa boca, principalmente quando está frio, pois ele ajuda a regenerar os lábios ressecados, e pode ser aplicado diretamente. Essa aplicação direta também pode ser feitas nas unhas para hidratação de cutículas, melhorando a aparência das mãos.

Ele também é um ótimo demaquilante, apesar de que, particularmente, considero necessário finalizar a limpeza do rosto com água micelar. Aliás, ela é uma super aliada do óleo do côco! Os dois juntos fecham o rolê.

Já para os cabelos, ele pode ser usado como pré xampu, alguns minutos antes do banho, pois ajuda a reduzir a perda de proteína durante a lavagem, e/ou aplicado diretamente no couro cabeludo, para ajudar no processo de nutrição e crescimento.

Você também pode fazer a tal da umectação, que é a aplicação direta do óleo de coco nos fios, deixando o produto agir no cabelo de um dia para o outro. Além disso, você pode integrá-lo a sua máscara de hidratação capilar para potencializar sua ação e adicionar seus benefícios.

MEUS PRIMEIROS DOIS MESES USANDO ÓLEO DE COCO

img_20160912_110639

Eu conheci o óleo de coco quando estava no Brasil, em julho desse ano, vendo alguns vídeos no Youtube. Logo que voltei para Berlin, fui procurá-lo por aqui para testar. São muitas as vantagens que identifiquei, e super recomendo para todo mundo!

  • ALIMENTAÇÃO

Infelizmente, eu não gostei do sabor que o óleo transporta para alguns alimentos, quando experimentei grelhar algumas proteínas, por exemplo.

Como paladar é uma coisa bem pessoal, vale a pena você tentar experimentar e tirar suas próprias conclusões. Mas ele super combina com o sabor de outras frutas!

Quando já está bem madura, gosto de fritar a banana com óleo de coco, coloco um pouco de mel e canela e fina divino! Como quase que diariamente. Também fica gostoso fazer uma salada de frutas, de acordo com a sua preferência, e adicionar umas colheres do óleo. Já testei com pêra, maçã, amora e uva.

  • ALIMENTAÇÃO PARA PETS

Como eu já contei pra vocês aqui no blog, e divido quase sempre lá o Instagram do meu cachorrinho Wisky, ele se alimenta de comida natural e caseira, que eu mesma preparo. Eu sigo as orientações nutricionais do site Cachorro Verde, que recomenda o uso do óleo de coco como complemento alimentar!

A gordura dele favorece a proteção do organismo contra doenças infecciosas (virais e bacterianas), poupa o sistema digestivo, aumenta o desempenho atlético do cão e traz vários benefícios para a pele.

O Wisky adora! <3 Eu geralmente adiciono uma colherinha de óleo de coco em uma das refeições que ofereço para ele por dia, seja por cima da comida que já está pronta e servida no pote, ou mesmo durante o cozimento dos alimentos. Ele até pode ser congelado nas marmitinhas que eu deixo preparadas para ele.

  • PELE DO ROSTO

Eu uso a linha completa Time Wise da Mary Kay há quase um ano, que é formada por produtos anti sinais, próprios para a minha faixa etária. Ela requer alguns procedimentos diários, que agora, durante à noite, eu complemento com o óleo de coco e da água micelar.

Depois da esfoliação com o produto da MK, eu passo um pouco da água micelar, e não seco o rosto totalmente, pra deixar a pele bem fresquinha. Depois, eu pego quatro gotinhas do óleo – uma em cada bochecha, uma na testa e uma no queixo – e finalizo com as loções noturna e anti-idade da MK.

Cara… Eu vejo uma diferença incrível! Talvez outras pessoas que convivem comigo não consigam notar, mas o que importa é o nosso bem estar, né? Tenho sentido a minha pele cada vez mais firme, limpa e hidratada. Caso você não queira usar a mesma linha que eu, você pode tentar substituir por outros produtos mais acessíveis e fáceis de achar, como os da Neutrogena, da JnJ, NIVEA e Flores e Vegetais.

  • ESTRIAS

Também já dividi com vocês aqui no Blog em alguns posts que eu estou passando por uma fase de reeducação alimentar, e também passei a fazer exercícios físicos regularmente. Com isso, eu perdi alguns quilinhos e ganhei umas estrias novas. Usando o óleo de côco há umas 3 semanas, já senti que elas estão amenizando: no começo estavam bem roxas e evidentes, e agora estão mais rosadas, menos aparentes. TENHO FÉ que sumirão por completo.

  • PERNAS

Sempre tive as pernas muito secas e creme nenhum no universo conseguia melhorar o aspecto da minha pele a longo prazo. Pois bem, o óleo de coco conseguiu! Faço duas esfoliações com óleo de coco + açúcar por semana, e aplico-o diariamente, finalizando com um hidratante que gosto, sempre antes de dormir. Passo o dia seguinte inteirinho com as pernas hidratadas e com brilho bem sutil.

  • PÉS E UNHAS

Uso diariamente nas unhas das mãos e dos pés, e também uso para amolecer e hidratar a cutícula antes de fazê-las. Para potencializar a hidratação do calcanhar, que é mais ressecadinho, eu uso um pouco do óleo de coco + creme com ureia próprio para os pés. Esse creme da Avon também é ótimo para ser usado desse jeito. Uso sempre antes de dormir, e coloco uma meia para proteger.

  • CABELO

Eu não gosto de fazer umectação. Apesar do óleo de coco não ser tão grudento quanto os outros, eu não curto a sensação de cabelo pesado, mesmo que eu vá dormir. Até porque eu ficaria muito brava caso surgisse algum imprevisto, e eu não conseguisse lavar o cabelo assim que acordasse.

Pra mim funciona mais usá-lo como pré xampu uma vez por semana, e eu passo junto com o Óleo Extraordinário da Elseve. Eu também segui uma das dicas da louca do óleo, diva e sereia Yasmin Brunet (5:10 do vídeo) e fiz uma mistureba de restinhos de produtos que eu tinha casa… E  deu super, super certo:

Máscara hidratante Dove + Condicionador Reparação Total Gliss Kur da Schwarzkopf + Hidratantes pós tintura da L’oreal + Ampolinhas hidratantes também da Gliss Kur + Óleo da Extraordinário + nosso queridinho Óleo de Coco

UFA!

img_20160824_181434

  • Produtos que compro na Alemanha: 

Óleo de Côco (Kokosmuss) – 4,75€

https://www.dm.de/dmbio-kokosmus-p4010355180131.html

Água Micelar (Mizellen Reinigungswassers) – 3,85€

https://www.dm.de/garnier-hautklar-mizellenwasser-3in1-p3600541594838.html

  • Produtos para comprar no Brasil:

Óleo de Coco da COPRA 

http://www.copraalimenticia.com.br/produto/47/oleo-de-coco-extra-virgem

Loréal Água Micelar – Solução de Limpeza 5 em 1

http://www.loreal-paris.com.br/Products/Pele/Agua-Micelar/Agua/Agua-Micelar?shadeitem=132e51f1-5b62-4de4-81af-036ccb855499

  • Fontes: 

Cachorro Verde: http://www.cachorroverde.com.br/oleo-de-coco-excelente-para-pets-e-pessoas/

Cozinha Vibrante: http://cozinhavibrante.com.br/por-que-oleo-de-coco-faz-tao-bem-a-saude/

Saúde Dica: http://www.saudedica.com.br/os-10-beneficios-do-oleo-de-coco-virgem-para-saude/

 

Bom, meus amigos… Dizem que uma imagem vale mais que mil palavras, não é? Então vou finalizar esse post com uma tirinha que uma amiga minha me mandou.

Beijos!

img-20160914-wa0000

 

Continue Reading

TUDO SOBRE MEU RUIVO ACOBREADO – cuidados, dicas e referências pra quem quer entrar pro time

ginger_girl_laughter_beautiful_cheerful_mood_1920x1080_hd-wallpaper-396310

Olá!

Que domingo é o dia mundial da preguiça, isso todo mundo sabe, né? Eu sou super adepta do dedoísmo de domingo, mas hoje aproveitei que o marido decidiu passar o dia jogando video game o tempo  livre pra retocar a raiz do meu cabelo. E aí como já tava com esse post aqui no esquema, também aproveitei para dividir com vocês algumas coisas legais sobre ruivo acobreado.

Minha cor da cabelo natural é castanho escuro, mas eu sempre fui maluca por cabelo acobreados. Desde criancinha eu ficava impressionada com ruivos naturais, mas só criei coragem pra me arriscar nessa cor no ano passado. Eu me aventurei nos loiros durante um bom tempo, mas nunca me senti totalmente satisfeita com os tons que eu conseguia. Isso porque, por mais que eu tentasse ir pra um loiro mel, ele acabava ficando Joelma mesmo, sabe?

Nada contra a quem gosta desse tom, mas só acho que não ficava bonito em mim. Eu sou muito, muito branca e meio amarela, e esse loiro me deixava apagada. Eu sentia que devia estar sempre impecável e maquiada para me sentir bem, e isso com o tempo, começou a me deixar um pouco cansada.

Meu ruivo já completou um ano de idade, e sinceramente, não me imagino mais com nenhuma outra cor de cabelo! Acho que nem as outras pessoas, viu? Todo mundo que me vê, mesmo que me conheça desde sempre, diz que eu nasci pra ter essa cor da cabelo.

  • Quanto vou gastar para manter o cabelo ruivo?

Apesar de ser um grande sonho, ter cabelo ruivo me dava um certo receio, porque eu pensava que a manutenção da cor e os retoques mensais me dariam muitos gastos, e que como o fundo do meu loiro era mais escuro, eu poderia ficar mais tempo sem retocar. Me enganei profundamente, pois os gastos com hidratação e reconstrução do cabelo loiro eram tão (ou mais) altos quanto eu tenho hoje pra manter o cabelo laranjinha.

Não sou muito boa com contas, mas para você ter uma ideia, podemos pensar assim: tirando o grande dia da mudança de visual, que você vai contar com a ajuda de um profissional, ou usar uma quantidade maior de produto do que usamos nos retoques mensais, basicamente você vai gastar um tubo de tinta por mês + um potinho de OX. Isso deve ficar em torno de uns 40 reais.

Xampus e condicionadores, mesmo que específicos para cabelos tingidos, não fogem muito do valor dos demais produtos. Já sobre hidratantes, máscaras e reconstrutores, você também vai acabar se identificando com algum durante sua fase de pesquisa e testes, então esse custo tem a ver com seu gosto pessoal. E isso acontece quando assumimos qualquer tipo/cor de cabelo.

O que pega mesmo é que o cabelo tingido não fica tão poroso e quebradiço quanto um cabelo descolorido. Isso porque, durante o processo de tintura nós estamos adicionando pigmentação e componentes ao fio, o que acaba, de certa forma, “envolvendo e protegendo” também, diferentemente do processo de descoloração, onde a gente “desgasta” o fio para tirar um pouco de sua cor.

Enfim, no final das contas, o ruivo danifica muito menos, e mesmo que eu não saiba explicar quimicamente o que ocorre de fato, a minha experiência como ex-quase-loira e atual-red-hair diz que é isso aí! Pode confiar 😉

girl_red_hair_favim_com_466650copy_by_iluvemo4eva-d5svtp5

  • Qual tom de ruivo combina comigo? 

O que você quiser, amiga.

Sou super contra essas recomendações de cor, que dizem que as mais morenas ficam bem assim, e mais brancas ficam bem assado. Acho que essas dicas só limitam a gente. Meu conselho é: se joga naquele cabelo que você sempre quis ter!

A única coisa que eu costumo recomendar, além do cuidado com a saúde do cabelo e o que ele pode aguentar, é que você pesquise e separe algumas inspirações, tanto em relação a cor, quanto à textura, tom de pele, estilo e etc. Enfim, é só pra não dar um tiro no escuro e saber que há exemplos reais e bonitos sucesso que você pode seguir. As minhas esta, esta e esta aqui.

Ou se quiser inovar mesmo… meu bem, vai fundo! e depois me mostra, que adoro ver coisa nova! 😉 Se você ainda não tem nenhuma referência pra seguir, clica aqui e confere meu álbum de ruivos lá no meu Pinterest!

Toda ruiva é linda! <3
Toda ruiva é linda! <3
  • Desbota muito? Qual a frequência do retoque de raiz?

Muita gente me pergunta se a cor desbota muito e com qual periodicidade eu retoco minha raiz. Engraçado como antes de mudar de cor a gente fica cheio dessas dúvidas, mas depois que pinta, tudo fica tão automático que é até difícil de pensar.

Bem, meu cabelo não desbota muito não, até porque, para tons acobreados, isso acontece de forma bem mais sutil do que para vermelhos cereja/fantasia, por exemplo. Na primeira lavagem pós retoque e tonalização, às vezes, sai um pouquinho de excesso de tintura, mas depois, não sai mais nada.

Acho que quanto mais intensa for a cor escolhida, mais rápido você vai notar que ela desbotou. No meu caso, eu até prefiro a cor nessa reta final, perto do dia do retoque, sabia? Quando eu retoco e tonalizo, ele fica bonito, mas muito aceso e intenso, mas não é exatamente o que eu gosto.

Anyway, a questão é essa mesmo: o seu gosto pessoal.

Sobre o retoque de raiz, eu faço uma vez por mês, mas vai depender muito do crescimento do cabelo. Eu geralmente espero dar um dedinho de raiz pra poder pintar, que é o que cresce mais ou menos por mês.

Aliás, aí é que você vai começar a notar o quanto seu cabelo cresce, minha filha. Raiz é um negócio que dedura a gente pra caramba! hahaha mas eu nem ligo muito, porque nunca quis pagar de ruiva natural. Mesmo tendo as minhas sardinhas e um tom de pele que engana bem, eu não tenho o menor problema em me assumir ruiva de farmácia.

Meu primeiro dia ruiva! <3
Meu primeiro dia ruiva! <3
  • Fica muito manchado? Demora pra atingir a cor deseja?

Você corre o risco dele ficar manchado sim, mas isso depende também da qualidade e uniformidade de aplicação do produto, e também do histórico de químicas de você tem no cabelo. Particularmente, acho que no caso do ruivo acobreado, as manchas ficam até… charmosas.

Eu demorei um pouco pra chegar no meu tom dos sonhos. Como meu cabelo é muito escuro, na primeira tintura – foi em maio de 2015 – ele ficou mais vermelho do que eu queria, mas muito mais bonito do que eu esperava que ficasse.

Nos dois retoques seguintes, junho e julho, eu continuei trazendo a tinta pro cumprimento e para as pontas, para a pigmentação fixar bem no meu cabelo.

Em agosto e setembro eu passei a usar tonalizante do cumprimento, porque achei que a tintura já estava danificando muito. Mas eu outubro senti que ele estava apagadinho, e quis dar um pouco mais de cor. Daí ele ficou bola de fogo, vermelho de demais, me assustei e falei: pera, não é isso que eu quero.

Ruivo + intenso!
Ruivo + intenso!

Deixei ele desbotar durante todo aquele mês e em novembro, usando xampu anti resíduo, e quando fui retocar de novo, usei um descolorante para puxar umas luzes mais claras, e ele ficou bem laranjinha, quase loiro. Foi então que em dezembro, perto do natal, eu finalmente cheguei no ruivo acobreado dos meus sonhos!

Tive que hidratar e cuidar muito bem durante esse período, pois o cabelo ficou mais poroso mesmo, não tem jeito 🙁 mexer com química e cor tem suas desvantagens, mas eu acabei conhecendo um monte de coisas legais que ajudaram meu cabelo a se recuperar super bem. Conto pra vocês no próximo post, e atualizo com o link aqui.

Clareando pra poder chegar no ruivo dos sonhos!
Clareando pra poder chegar no ruivo dos sonhos!

Então… Foram 7 meses até chegar na cor que eu queria.

Tá, pode até parecer que demorou demais, mas eu ainda estava me descobrindo e buscando as tais referências que comentei com vocês, e pra mim, a saúde do meu cabelo era minha prioridade. Tem gente que mexe mil vezes no cabelo em um mês só, mas eu não tenho essa coragem.

Eu só me arriscava a mexer de novo na cor depois que eu passava umas semanas cuidando, hidratando e preparando o cabelo pra próxima maluquice. Não acho que é questão de certo ou errado, é de prioridade mesmo.

Meu ruivo dos sonhos! \o/
Meu ruivo dos sonhos! \o/
  • Consigo pintar sozinha em casa?

Não sei, amiga. Mas de verdade, eu não recomendaria isso. Vejo milhões de meninas super corajosas na internet, que fazem um montão de coisas no cabelo, sem um pingo de medo, e acaba dando certo. Mas sei lá, tenho muito amor pelo meu cabelinho e morro de medo de estragá-lo.

Por mais que seja caro fazer esse tipo de processo no salão, o melhor é sempre buscar ajuda de um profissional preparado e qualificado para fazer essa mudança no seu cabelo. Depois disso, você até pode aprender a retocar sozinha, ou mesmo pedir a ajuda de alguém, e seguir tonalizando conforme a dica do seu cabeleireiro. Ai, me desculpa se fui muito cagona no conselho, mas é isso que eu penso.

Eu sempre fiz meu cabelo com a minha cunhada Rô, que é uma excelente cabeleireira. Esse ano, como me mudei para Berlin, tive que aprender a me virar sozinha por aqui. Eu não tinha coragem de bater na porta de um salão e entregar meu cabelo para alguém desconhecido, porque sou dessas. Eu fiz um post pra vocês falando sobre os apuros de uma ruiva tingida em Berlin, onde eu contei toda minha saga para encontrar tintas por aqui nos primeiros meses.

O grande problema é que fui levando meu ruivo novamente pra um tom muito fechado, que eu só consegui corrigir com a ajuda da Rô novamente, quando passei um tempo com a minha família no Brasil em julho desse ano. Agora eu também já sei onde encontrar a minha tinta aqui (numa loja mara que fica no shopping Alexa, só com coisas pra cabelo!) e tô amando novamente a minha cor.

Cabelo curto e ruivo! <3 muito amor
Cabelo curto e ruivo!
  • No dia do retoque

Tinta e OX: Eu uso a tinta 8.4 da Collor Perfect com OX de 30vl da Acquaflora. Quando termino de passar tinta em toda raiz do cabelo, eu passo um pouco de tinta na sobrancelha e espero agir por 40 minutos. Particularmente gosto bastante dessa tinta, não sinto nenhuma coceira depois que uso, ela pigmenta super bem e não macha a pele, mas também já ouvi falar muito bem da Majirel e da Igora, que podem ser minhas opções, caso eu não encontre a que eu já costumo usar. Se o seu cabelo for mais claro, que o meu, você pode usar a OX de 20vl.

Tonalizante: Para tonalizar, eu estou usando o Garota Veneno da Lola Comestics que é maravilhoso! Além de tonalizante ele é um hidratante, então depois de lavar o cabelo com xampu, eu passo um pouco do Garota Veneno, misturado com creme branco, e deixo agir por 10 minutos. Fica perfeito!

Xampu: Eu estou usando o Tio Nacho, tanto na lavagem pós retoque, como também 1 vez na semana. Ele tira bem os resíduos da tinta e prepara bem o cabelo pra receber uma hidratação. Além de ter um cheiro maravilhoso de mel!

  • Cuidados semanais

Eu também estou usando um xampu da linha Schwarzkopf Gliss Kur, que encontro aqui em Berlin, é próprio para cabelos coloridos e tem um ótimo custo benefício. Uma vez por semana eu também uso um creme de hidratação da mesma linha, combinado com outros cuidados, tais como óleo extraordinário da Elséve, óleo de côco e outros segredinhos… que contarei pra vocês no próximo post, prometo! <3

E aí… Bora acobrear essa cabeleira?

Beijos e boa semana!

 

 

Continue Reading

Cuidados, rotina e comportamento: TUDO que você precisa saber antes de ter um cachorro

bigstock-girl-with-her-dog-resting-outd-50047244

[SENTA QUE LÁ VEM TEXTÃO]

Oi, oi e oi! 🙂

As pessoas sempre me fazem bastante perguntas sobre cães, e eu confesso que isso me deixa muito feliz! Não só pelo fato de eu ter a chance de falar sobre algo que gosto muito, mas também pela confiança que as pessoas depositam em meus conselhos e orientações.

E foi pensando nisso, que eu quis fazer esse post inicial, mais voltado pra quem ainda não tem um cachorrinho, mas que tem muita vontade de ter. Eu listei alguns tópicos básicos que devem ser considerados antes de você tomar a sua decisão.

É muuuita coisa, mas é importante que você se conscientize sobre isso tudo!

BORA?

1.VOCÊ DEVE SER RESPONSÁVEL POR ELE: é importante ter a plena consciência sobre o tempo de vida de um animal, que é em média de 15 anos – quase nada perto do que eles mereciam viver <3 – e sobre o vínculo emocional que ele estabelecerá com você. Uma pesquisa comprovou que existe uma “similaridade entre o ‘efeito de base segura’ encontrado na relação dono-cachorro e na criança-pai”. Ou seja: se não é pra tratar como filho, melhor não ter.

2. VOCÊ DEVE AVALIAR TODA SUA VIDA: muita coisa vai mudar com a chegada dele. Provavelmente sua rotina sofrerá algumas adaptações para suprir as necessidades do animal, além de alguns momentos do dia que você deverá dedicar somente a ele. Manter um animal também impacta no orçamento da casa, pois acrescenta custos básicos, tais como: alimentação de qualidade, idas ao petshop (semanais ou mensais), consultas ao veterinário, vacinas anuais, conforto, higiene e outros mimos que talvez você queira fazer.

3. SEU ESTILO DE VIDA x TEMPERAMENTO DO CÃO: além das diferenças físicas, como porte, peso e pelagem, cada raça possui suas próprias características comportamentais. É importante que você pesquise bastante e tente associar essas informações sobre cada raça com seu estilo de vida. No caso dos viralatinhas – os melhores! <3 – você pode se informar ou deduzir de onde vem essa misturinha, para tentar traçar um possível padrão de comportamento. Você também deve tentar saber qual o passado daquele cachorrinho, se ele sofreu algum trauma que requer atenção, ou até mesmo qual o temperamento dos pais, pois a genética influencia bastante nesse caso.

4. APRENDA A SE COMUNICAR COM ELE: e não fique esperando o contrário. Cachorros são muito inteligentes, mas além de precisarem de condicionamento e interpretação, é muuuito importante que você tente enxergar o mundo através dos olhos do seu cão. Muita gente se enfurece quando o cachorro late muito, ou apronta alguma coisa, por exemplo, e prefere esbravejar ao invés de se esforçar para entender o que está por trás dessa atitude. Cães falam com os olhos e demonstram seus sentimentos em pequenos gestos, basta exercer sua sensibilidade para captar tudo isso e estabelecer um vínculo de afeto e confiança.

5. SEJA O ALFA DA CASA: Instintivamente, cachorros enxergam a família como se fosse uma matilha – sim, eles acham que nós somos cachorrinhos também! rs –  que precisa de uma liderança confiável. Eles analisam já nos primeiros dias em casa, quem é o responsável pela comida e pela disciplina, por exemplo. Mesmo que estes cuidados sejam divididos com as crianças, os cães tem esse radarzinho ligado, dizendo “Cara, esse é quem manda no pedaço. É esse quem você deve seguir”.  Não sinta/demonstre pena de dar bronca no cachorro. Se você o trata bem o tempo inteiro, e o repreende exclusivamente quando ele faz coisas erradas, ele não terá medo ou ficará chateado com você. Ele sentirá respeito e confiança, sentimentos que trazem paz e segurança para a vida dele.

6. VOCÊ DEVE EDUCÁ-LO E ENSINÁ-LO: e não esperar que ele já chegue sabendo de tudo. Todos nós demoramos um bom tempo para aprender tantas coisas na vida… Porque esperar que o cachorro saque tudo de um dia pro outro? Tenha muita paciência, firmeza e disciplina na hora de ensiná-lo. Eu escrevi um post falando sobre como ensinar o filhote a fazer xixi e cocô no lugar certo, que é o que mais dá dor cabeça pros donos.

7. NÃO USE O NOME DELE PARA DAR BRONCAS: é algo aparentemente banal, mas que erramos facilmente no dia a dia. E bem simples de entender porque. O nome do cãozinho é uma coisa boa! É uma palavra que nós mencionamos com carinho, e que na maioria das vezes, está associado a comida, petiscos, passeios e etc. Por isso, quando o animal está fazendo alguma malcriação, e o dono fica “Para, BOB! BOB, para! BOOOOB para com isso” pro cachorro, é a mesma coisa que um “É isso aí, BOB! Manda ver, Bob! Tá fazendo certinho, BOB!”. Então se você quer dar uma bronca nele, não diga seu nome, mesmo que em um tom de voz mais firme. Escolha um termo único, forte e fácil de entender. O bom e velho “NÃO!” é quase sempre a melhor saída.

8. ELE PRECISA DE ROTINA E REGRAS BEM DEFINIDAS: assim como todos nós. Ele automaticamente associará bem os horários de dormir e de comer, ao observar a rotina da casa. Mas a regras precisam ser claras desde sempre, e sem exceções. Se você não quer que o cachorro se acostume a dormir na sua cama, não permita que ele durma de vez em quando. Ele não entende esse de vez em quando. Coisa boa ele vai querer sempre! Então é menos frustrante que ele nunca saiba o que é isso, do que ser podado sem entender muito bem o porque.

9. BOA ALIMENTAÇÃO E PASSEIOS DIÁRIOS: isso é o básico do básico, mas vale a pena escrever. Claro que dentro de suas condições financeiras, procure oferecer a melhor alimentação possível para o seu cão. E passeios diários são indispensáveis, por ajudam a tirar o estresse do cão, e pode ser usado como recompensa por bom comportamento. Outro lado bom dos passeios diários é que eles podem fazer o número 1 e o número 2 na rua, sem sujar a casa! Com o tempo eles aprendem a segurar e regular as necessidades e deixam pra hora do passeio, que é muito mais legal pra eles! Ah, não se esqueça de catar o cocô depois, viu?

10. TENHA UM VET DE CONFIANÇA: Ter um veterinário bacana a sua disposição é algo que não tem preço. Vez ou outra você vai ter alguma dúvida, ou seu cachorro vai aprontar alguma coisa, e você vai precisar recorrer a alguém que ajude vocês. E busque recomendações com seus amigos e estabeleça uma boa relação com o profissional.

11. PENSA NA CASTRAÇÃO: Não tenho muito o que falar sobre esse tópico. A castração é benéfica para a saúde dos cães por N motivos, mas muitas pessoas pensam que seria bacana colocar o animal para cruzar e ter filhotinhos. Se você está disposto a lidar com isso… Sei lá, ok. Mas pode ser que seu cachorro cruze e tenha filhotinhos indesejados. Vai sobrar pra você. É tipo filho adolescente, saca? Melhor para de caretice, encarar os fatos e ajudá-lo a evitar esse ‘transtorno’.

12. CUIDADOS COM A HIGIENE: Como eu falei la em cima, cães tem particularidades. Alguns precisam de mais atenção a limpeza dos ouvidos, outros são alérgicos a alguns produtos e outros, como no caso dos bulldogues e sharpeys, até precisam passar pomadinha nas dobrinhas, como os bebês. Esse é o tipo de cuidado que não deve ser negligenciado nunca. Fique sempre atento.

13. ELE PRECISA APRENDER A SE SOCIALIZAR: Com outras pessoas e com outros animais também. Um cachorro que é criado numa redoma, isolado do mundo lá no fundo do quintal, pode desenvolver agressividade e não tem a menor culpa nisso. Desde filhotinhos, ou desde os primeiros dias deles em casa, eles precisam entender que recebem visitas, que existem outros animais no mundo e que tudo isso é muito legal. Se seus amigos e parentes tem cachorros, marquem programas legais para fazer com os pets, leve-o para parques com áreas específicas para deixar o cão solto, deixe-o andar sem coleira em locais seguros e… Deixe que ele seja um cão.

Eu falei lá no comecinho que você deve tratá-lo como um filho, mas isso no sentido de responsabilidade e cuidado. Cachorro não é gente. E isso não é uma ofensa contra eles. Ao contrário, é a melhor coisa! A melhor coisa de um cachorro é que ele é muito melhor do que qualquer humano que você pode conhecer.

Por mais que a gente tenha cuidado de filho, seu cachorro ainda é um cachorro. Um ser vivo com instintos, heranças genéticas, necessidades que ele tem e você não. Sei que você preserva a segurança dele mas… deixa ele correr igual maluco de vez em quando, sem medo de ser feliz. Deixa ele brincar na lama, fazer bagunça e comer capim.

Deixe que seu cachorro seja a melhor versão dele mesmo e ganhe o título de melhor DONO/PAI/MÃE do mundo!

É isso! Espero ter ajudado vocês!

Tô sempre a disposição para responder as dúvidas nos comentários!

Beijos

 

Continue Reading

Um pedido aos casais legais: por favor, não desistam um do outro

6783398-couple-wallpaper

Acabei de ler o texto do Gregório Duviver dedicado à Clarice Falcão, e essa era justamente a inspiração que eu buscava pro post de hoje. Na verdade, era a deixa que eu esperava há muito tempo para escrever sobre isso.

Ao contrário de algumas pessoas, eu nunca fui muito ligada no romance dos dois. Sempre tive uma visão bem superficial sobre eles, mas sabia que era um casal inteligente, que combina pra caramba e que faz uma série de trabalhos bacanas juntos. Do tipo que nunca deveria se separar. 

Parece que já faz um tempinho, mas eu só soube hoje que eles não estão mais juntos, e ao ler cada doce palavra escrita por esse cara, eu consegui imaginar e me identificar com todas as memórias vividas e guardadas por ele.

E quando o texto terminou, ainda um pouco emocionada, eu só consegui pensar: Porque casais bacanas se separam? 

Quantas vezes na vida a gente conhece casais assim, especiais, singulares e incríveis, mas que depois de um tempo, por motivos que nem sempre a gente descobre, a relação chega ao fim. De Bonner & Fátima àquele casal de amigos com quem eu dividi algumas cervejas, carrego comigo o pesar de ver lindas histórias chegando ao fim.

Sei que cada um sabe de si. Sei que ninguém é obrigado a ficar junto do outro pra sempre, quando a coisa não vai bem. Sei que o amor mais lindo pode esconder trevas que jamais serão expostas para os outros. Às vezes o casal perde aquela liga que fazia dar certo no início, ou simplesmente, os dois querem seguir rumos diferentes.

E aí o casal fica parado, um de frente pro outro, com uma porção de cartas na mesa, quase todas indicando que vale a pena continuar junto… Mas desistem. Fim. Me diz… porquê?

Porque é mais fácil se apegar a uma lista de defeitos e incompatibilidades, do que a todos os bons motivos que trouxeram o casal até aqui? Porque no dia-a-dia a gente esquece o quanto o outro é inteligente e engraçado, e passa a se importar muito mais com as manias irritantes? Porque alguns casais tem tudo pra dar certo… mas não dá mais?

Eu provavelmente ficaria aqui, enchendo minha cabeça com todas essas perguntas, e jamais encontraria uma resposta que esclarecesse tudo. Cada relacionamento é um encontro de dois universos infintos.

Mas fica aqui o meu apelo aos casai legais: por favor, não desistam um do outro.

Vocês não fazem ideia disso, mas são um espelho pra outros casais que estão começando um relacionamento agora, a esperança pra quem sonha em viver um amor, e o sorriso de alguém do outro lado do mundo, olhando a última selfie postada por vocês.

É no amor incondicional que vive a salvação de muitos males do nosso mundo. É esse o sentimento que vai construir famílias e lares, que vai fazer você sorrir no meio de todo caos.

Para e pensa: se a outra pessoa é digna da sua admiração, se ela esteve do seu lado quando você pensou que nenhuma outra estaria, não desista de vocês. Se houver uma pontinha de esperança lá dentro do coração, e se a dor de se imaginar longe do outro é mais forte do que o desejo de ir embora… Por favor, fique.

Pense, arrependa-se, esforce-se, elogie, dê o seu melhor. Tente de novo, tente mil vezes. Peça perdão, peça um tempo, fique longe. Mas volte…

Um dia vocês estarão sentados no sofá da sala, procurando um filme para assistir, e você vai olhar para aquela pessoa e enxergar todo esse amor. Vai lembrar que no seu coração ainda arde uma ou outra mágoa que ela lhe causou, mas você vai se permitir se apaixonar de novo, como tantas outras vezes.

Você vai dar mais essa chance pra vocês… e vai valer a pena.

Essa noite vou rezar por todos os casais bacanas desse mundo! <3

screenshot_20160703-210119

 

Sinceramente ainda acredito em um destino forte e implacável

E tudo que nós temos pra viver é muito mais do que sonhamos

 

Vem andar comigo – Jota Quest

Continue Reading

Meu cachorro vomita uma espuminha amarela: Saiba como ajudar o seu melhor amigo e evitar que isso aconteça

brown-dog-with-sad-eyes-wallpaper-pin-it

Oi, galera!

O assunto de hoje é um pouquinho desagradável, mas é algo que acontece com muitos cães e deixa os donos bem preocupados. Há alguns meses atrás o Wisky, meu filho de quatro patas, começou a apresentar esses episódios com cada vez mais frequência, embora isso já acontecesse desde que ele era filhotinho. Trata-se de uma espuminha amarela que alguns cachorrinhos vomitam, quase sempre pela manhã.

No dia em que tirei essa foto aí de baixo, meu marido havia colocado ele na cama pra ficar comigo, assim como faz todas as manhãs, quando sai cedo para trabalhar. Depois de alguns minutos, o Wisky começou a vomitar pela cama toda. Eu fiquei tão nervosa, que não consegui tirá-lo dali… Deu um trabalhão para tirar essas manchas depois, mas a minha preocupação era mesmo com saúde dele.

Isso começou a acontecer pelo menos uma vez por semana, e não havia nenhum motivo aparente para isso. A alimentação dele continuava normal, os remédios, vacinas e vermífugos também estavam todos em dia, o cocô estava “bom” e o comportamento dele não estava diferente. Então, conversando com a veterinária dele aí do Brasil, e pesquisando bastante na internet sobre o assunto, chegamos a algumas conclusões.

44153760-6d41-439e-bf05-bab099f25d29
Wisky triste e envergonhado depois de vomitar espiminha amarela :(

 

O QUE É ESSA TAL ESPUMINHA AMARELA?

Os donos de cães da raça Shih tzu, Westies, Lhasas e Malteses, são os que mais se queixam sobre esse problema,  pois eles possuem o estômago muito sensível. Esse líquido amarelado vem da bílis, um componente digestivo que é produzido no fígado.

Ele é armazenado na vesícula biliar e liberado no intestino delgado, logo abaixo do estômago. Os vômitos pela manhã são um sinal de que o estômago do seu pet está passando tempo demais sem digerir alimentos.

Daí eu me dei conta de que aqui em Berlin, assim como uma série de outros hábitos, o horário das nossas refeições mudou, e nós passamos a jantar mais cedo. No Brasil, por causa da rotina intensa de trabalho e do tempo gasto no trânsito, não tínhamos nenhuma disciplina, e os horários eram super malucos.

Eu já contei pra vocês aqui no Blog que o Wisky engorda com muita facilidade (é de família né, gente? <3) e como nós precisamos ficar de olho no peso dele por conta das viagens pro Brasil, eu tento controlar a alimentação dele sempre, pra que ele não tenha que fazer uma dieta muito pesada antes de cada vôo.

Só que aí que estava o grande o problema: o Wisky passava praticamente 15h sem comer, que é intervalo entre o jantar e o café da manhã do dia seguinte. Infelizmente eu não me dei conta que isso causava esses enjôos nele, mas graças a Deus, agora descobri a origem do problema.

not-feeling-too-well

COMO EVITAR ESSES ENJÔOS?

“Já que meu cachorrinho vomita porque está de estômago vazio, vou dar mais uma refeição para ele à noite, antes de dormir. Como se fosse um lanchinho, né?” 

ÉÉÉÉÉ. Não.

Nós não devemos introduzir mais uma porção na rotina alimentar dos nosso cães, até porque, isso pode fazer com que ele ganhe mais peso do que deveria. O que você deve fazer é dividir as porções que são ideais para o biotipo dele, principalmente, no caso do jantar.

Para o meu Wisky, eu separo um pouquinho da porção do jantar dele para dar antes de irmos dormir, ou então, dou alguma frutinha ou legume. Assim ele fica saciado e passa a noite digerindo esse alimento, evitando o acúmulo de líquido biliar. 

Depois que eu fiz esse adequação em sua rotina alimentar, ele nunca mais vomitou a bendita espuminha amarela! 🙂 

happy-dog-running-by-500px

FIQUE ATENTO À SAÚDE DO SEU PET

Vômitos frequentes podem indicar muitos outros problemas. É importante que você observe se esse sintoma também está acompanhado de perda de apetite, alergias e diarréia, ou mesmo alguma mudança no comportamento dele que indique dor ou desconforto.

Portanto informe seu veterinário sobre o que está acontecendo, e não deixe de levá-lo para uma consulta, se os problemas persistirem ou se agravarem, ok?

Ah, eu também não posso deixar de dizer pra vocês que eu não sou veterinária! Eu apenas gosto muito de pesquisar e falar sobre animais, e sempre que algo funciona aqui em casa, gosto de compartilhar aqui no Blog com vocês.

Beijos!

Continue Reading

Respondendo a TAG: Séries de TV

tvwatching

Hey, pessoinhas!

Se para alguns de vocês, sábado é dia de balada, bebedeira e curtição, pra mim é dia de maratona de séries! Mas pra ser bem sincera mesmo… Todo dia é dia de série aqui em casa.

Para piorar o meu vício, eu meu casei com um cara que é tão viciado quanto eu. No geral, nós gostamos das mesmas coisas. Ele consegue se interessar por vários tipos de séries, já eu sou mais chata criteriosa.

Eu decidi responder essa TAG #Series por que adoro falar sobre o assunto, relembrar meus personagens e cenas favoritas e também dar dicas pra vocês!

Bora falar de coisa boa? 😀

1. Qual seu seriado atual favorito?

Game Of Thrones e Modern Family.

2. Qual você está assistindo no momento?

Grey’s Anatomy (12ª), Modern Family (6ª) e Gilmore Girls (comecinho).

3.  Qual seu seriado antigo favorito?

Ano Incríveis, Full House, CHAVES e Sex and The City.

4. Cite um seriado que todos gostam e você não gosta.

How I met your Mother, Friends e The Big Bang Theory. JURO que tentei, mas não rolou.

5. Qual seu personagem favorito de um seriado?

Miranda Hobbes de Sex and the City (<3) , Cristina Yang de Grey’s Anatomy e John Snow de Game Of Thrones.

tumblr_lz1f69apsd1qmi5uao1_500

6. Qual personagem você odeia?

Jofrey ‘Baratheon’ e Ramsey ‘Bolton’ de Game Of Thrones, Serena Van der Woodsen de Gossip Girls e Amelia Shepherd de Grey’s Anatomy.

7. Qual seriado você recomenda para todo mundo?

Game Of Thrones  e Modern Family.

8. Qual seriado tem o melhor figurino?

Pretty Little Liars traz uns looks mais acessíveis e reais, com os quais mais identifico. Eu amo o estilo da Emily Fields! Gossip Girls também arrasa nesse quesito e eu adoro os looks da Blair Waldorf. Sex and the City também é incrível, mas é bem fashionista.

9. Qual foi o seriado que você assistiu nas últimas 24h?

Gilmore Girls.

10. Já ficou triste com o final de alguma série?

Detestei o final de Gossip Girl, foi ridículo, a gente merecia mais. Mas Anos Incríveis foi o final mais triste de todas as séries desse mundo, na minha opinião. Meu coração aperta só de lembrar…

“Depois de tanto tempo… Eu ainda me recordo”

11. Melhor abertura ou música tema?

Full House! 🙂 É a única série que eu sempre vejo/escuto a abertura, adoro a musiquinha! hehehe e o mais bacana é ver o elenco crescendo.

 

12. Qual seriado você tem vontade de assistir?

Breaking Bad, House e Girls.

13. Qual personagem você gostaria de ser?

Cristina Yang!

tumblr_mal19n7f3x1qbf8iho1_500

14. Qual série você não tem vontade de assistir?

House Of Cards. Parece muito complexa pra mim.

15. Pense em alguém, escreve o nome dessa pessoa, fale uma série que vocês gostam em comum e o porquê.

  • Mari Canciano = Grey’s Anatomy! Porque nós somos o drama em forma de mulher! <3
  • Sandra Segato = Game Of Thrones! Porque foi ela quem me apresentou a série! Valeu, Sandrinha! <3
  • Marina Mercês = Sex and the City! Porque um dia seremos eu, ela e NY! <3
  • Vitão (irmão) = Ano Incríveis! Por que Kevin Arnaldo nos une, não importa onde estivermos! <3
  • Will (marido) = Dexter! Porquê só ele é capaz de fazer eu me encantar por um serial killer! <3
  • Amandinha (sobrinha) = Gossip Girl! Por que a gente adora o Chuck Bass! <3
  • Fernanda (BFF) = Frankie & Grace! Porque somos nós duas no futuro… ISSO É FATO! <3

16. Qual protagonista que você não gosta, mas curte a série.

Meredith Grey: chata, dramática e azarada que só.

17. Você assiste (assistia) alguma série brasileira?

Os Normais! Melhor programa que a Globo já fez.

18. O que você mudaria no rumo da sua série favorita?

Ela teria dito SIM…

19. Qual a cena que mais te marcou?

A batalha dos Bastardos de Game Of Thrones. Não consegui nem dormir depois desse episódio de puro êxtase.

20. Com qual personagem você mais se identifica?

Eu sou uma boa mistura de Miranda Hobbes + Charlotte York de de Sex and the City AND Cameron Tucker + Mitchell Pritchett de Modern Family.

21. Qual série você não está gostando mas não consegue parar de assistir?

Pretty Little Liars! GENTE DO CÉU que coisa chata… mas quem diabos é -A??

22. Uma série para DAR RISADA?

Modern Family.

23. Uma série pra se APAIXONAR?

Sex and The City.

24. Uma série para querer CORTAR OS PULSOS?

Grey’s Anatomy.

25. Uma série pra CAGAR DE MEDO?

American Horror History. Simplesmente impossível assistir a 2ª temporada.

 

É isso! Espero que tenham gostado da TAG!

Beijos

Continue Reading

Nova TAG #FUTILIDADES – Gostar de falar sobre isso não te faz alguém superficial

tumblr_lddip9bmiw1qdwl9eo1_400

Hey, pessoinhas! Tudo bem?

O post de hoje vai estrear uma nova categoria aqui do Blog, o FUTILIDADES!

Quando eu comecei a publicar meus textos, eu não sentia vontade de escrever sobre essas coisas – cabelo, maquiagem, moda e etc – porque acho que há uma porção de gente falando sobre isso que é muito mais rica talentosa e antenada do que eu.

Só que com o passar do tempo, eu me dei conta de que, apesar de não entender muito, nem de dar TANTA importância pra isso, eu sempre gostei de trocar figurinha, sabe? Gosto de cuidar do meu cabelo e da minha pele, tô sempre pesquisando e conversando com as amigas sobre produtos legais e adoro consumir esse tipo de conteúdo na internet.

E também percebi que ficar determinando sobre o que é relevante escrever ou não, tira um pouco da minha personalidade e espontaneidade aqui do Blog. Além do mais… O fato de gostar de falar sobre pequenas futilidades não nos torna realmente fúteis, materialistas ou superficiais.

Durante um tempo eu pensava “porra, parece que fulana só sabe falar dessas coisas”. Hoje vejo o quanto isso é preconceituoso e como esse tipo julgamento tá na contramão do Feminismo.

Sem querer colocar polêmica no post, acho que uma das coisas mais bacanas do empoderamento feminino é que ele nos possibilita escolher o que é melhor pra nós, e nos permite SER e FAZER o que quisermos, sem nos importarmos com possíveis rótulos.

i-choose-my-choice-charlotte-york

Em outras palavras: a gente pode refletir sobre nossa existência e deve aprender a se posicionar diante de outros assuntos, digamos, mais importantes. MAS isso não nos impede de sentir aquela puta satisfação alegria boba no coração quando compramos um batom novo, ou quando vê que o bendito do óleo de côco dá resultado mesmo.

Eu tô bem longe de me tornar (e querer ser) o tipo de blogueira que faz tutorial de maquiagem e posta look do dia, por que, nesse caso, meu bem, eu sou a mulher desesperada por informação e referência, assim como você!

Então a partir de hoje, aqui no TCeC, TÁ LIBERADO falar de futilidade, frescuras e etc., e a gente promete que não vai te julgar por isso!

Beijos

 

Continue Reading